sexta-feira, 21 de novembro de 2014

LÍNGUA PORTUGUESA: Exercícios da FCC | Professora Luciane Sartori

Profª Luciane Sartori
Olá, galerinha! Tudo bem como vocês?

Chegou a sexta-feira e é dia de treinarmos um pouco de Português!

A professora Luciane Sartori selecionou duas provas da FCC e disponibilizou como forma de treinamento. São 30 questões que envolvem diversos temas cobrados pela examinadora. Vamos começar? Bom treinamento!





Visitem o site da professora Luciane Sartori – www.sartorivirtual.com.br

FCC fará concurso do Conselho Nacional do Ministério Público

A Fundação Carlos Chagas (FCC) foi escolhida para organizar o primeiro concurso do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). A escolha da organizadora e as etapas da seleção foram divulgadas no "Diário Oficial da União".

Serão 87 vagas e formação de cadastro para os cargos de analista e técnico administrativo.

Para analista, que exige nível superior de escolaridade, as vagas serão distribuídas entre as especialidades direito (18), arquivologia (1), comunicação social (2), estatística (1), contabilidade (1), engenharia civil (1), controle interno (2), gestão pública (5), desenvolvimento de sistemas (6) e suporte e infraestrutura (1).

Já para a carreira de técnico, que se exige nível ensino médio, as oportunidades serão para as especialidades de administração (45) e segurança institucional (4).

A seleção será feita por meio de provas objetiva e discursiva e inspeção médica.

Ainda não há previsão para a publicação do edital do concurso.


Fonte: G1

EDITAL PUBLICADO: Tribunal Regional Eleitoral de Goiás - TRE/GO

Foi publicado no Diário Oficial da União de hoje, 21/11, o edital para realização de concurso público para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva para os cargos de analista e técnico judiciário do quadro de pessoal do Tribunal Regional Eleitoral do estado de Goiás.

A banca examinadora do concurso será o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), denominado Cespe. A seleção compreenderá provas objetivas para todos os cargos e ainda prova discursiva para o cargo de analista.

As remunerações variam entre R$ 5.007,82 e R$ 8.178,06.

As inscrições deverão ser realizadas, exclusivamente, pela internet, no endereço http://www.cespe.unb.br/concursos/tre_go_14, no período entre 10 horas do dia 26 de novembro de 2014 e 23 horas e 59 minutos do dia 18 de dezembro de 2014, observado o horário oficial de Brasília/DF.

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de nível superior terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 1º de março de 2015, no turno da manhã.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

VAMOS AJUDAR!

Queridos, atenção!!!! Vamos ajudar!!!

É um caso URGENTE!!!

Apresentamos a vocês Rílian, estudante de concurso público que está precisando de nossa ajuda! Ela está passando por um problema grave de saúde e uma nova intervenção foi confirmada pela família.

Após a angioplastia, o rim que melhor funcionava teve uma redução drástica de sua função, restando apenas o rim que já estava atrofiado e com o funcionamento comprometido. Depois de um exame realizado no dia 17/11, os médicos decidiram que vão tentar recuperar o rim que foi afetado na última angioplastia através de um auto transplante, posicionando-o no lado que a circulação está melhor para tentar salvá-lo. Essa cirurgia é de alto risco e foi a solução que a equipe médica encontrou como medida para tentar recuperar as funções renais de Rílian.

O Sírio Libanês tem questionado o pai dela, que é quem está com ela, acerca do custeio dos gastos no hospital. Essa nova intervenção somado aos novos exames e aos dias de internação na UTI, deve ultrapassar e muito o valor já arrecadado. Dessa forma, diante da previsível demora no retorno da Secretaria de Saúde da Paraíba sobre o caso, retomamos com mais empenho as arrecadações.

Bruna, a irmã de Rílian, abriu uma conta-poupança no Banco do Brasil para dar mais agilidade à arrecadação e ao repasse para o hospital. Reforçamos que toda e qualquer quantia doada é muito bem vinda neste momento além das orações e vibrações positivas para que tudo corra bem. Abaixo, as informações da conta da irmã dela. Muito obrigado a todos. #forçaRílian

Banco do Brasil
Bruna Velloso Almeida
Ag: 4571-3
Poupança:11782-0
Variação: 51
CPF: 04904952499

Foi criada também uma página no Facebook: Ajude Rilian, para reunir informações. Quem puder e quiser, acompanhe.

MOTIVACIONAL: É a sua vez | Prof. Italo Romano


No vídeo de hoje, o professor Italo Romano não traz nenhuma dica de Direito Previdenciário. Mas, como assim? Simples! Hoje o professor Italo traz para vocês, leitores do Blog Se Joga Galera, uma mensagem motivacional.

Muitos que estão lendo esta mensagem agora, já pensaram em desistir! Não desista! Persista sempre e sua hora vai chegar! O caminho não é nada fácil, mas o destino é certo: A Aprovação!

Vamos assistir ao vídeo e assim motivados a continuar na caminhada!



TJ/PR: Concurso em breve!

O Tribunal de Justiça do Paraná - TJPR já tem comissão de concurso público formada para os cargos de técnico e analista judiciário para o quadro de pessoal de 1º grau. 

Os cargos exigem nível médio e superior com salários iniciais de R$ 5.298,55, para técnicos e R$ 6.833,17, para analistas.

O último concurso ocorreu no ano de 2009 cuja validade expirou em junho deste ano.

O edital deverá ser lançado muito em breve. Portanto, fiquem atentos!

#DROPSEVP: Professor Leandro Bortoleto

Galerinha que está se preparando para o concurso do TJSP, fiquem atentos a esta informação!

É hora de intensificar os estudos!

O professor Leandro Bortoleto irá ministrar aulas de Normas da Corregedoria (curso completo no Eu Vou Passar) e gravou este Drops EVP para apresentar seu curso. Confiram!




Acessem www.euvoupassar.com.br e por apenas R$ 50,00 mensais tenha acesso não apenas ao curso do professor Leandro, como também a todos aqueles disponíveis no site do EVP.

INSS: Exclusivo, presidente garante realização do concurso

Assim como o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Lindolfo Neto de Oliveira Sales, confirmou o concurso para a autarquia, destacando que está otimista em relação à sua autorização pelo Ministério do Planejamento. “O concurso ocorrerá, e não tenho dúvidas disso. Eu sou otimista de natureza, e acho que o governo federal trabalha muito profissionalmente nessa questão”, afirmou na tarde da última terça-feira, dia 18, em entrevista exclusiva à FOLHA DIRIGIDA - que pode ser lida logo abaixo.

As declarações de Lindolfo são semelhantes às do ministro Garibaldi, frente à grande carência de pessoal do INSS. O presidente também apontou as transições do governo como justificativa para a demora do sinal verde, e afirmou que a auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), recomendando a realização do concurso, aliada à situação delicada do instituto, com cerca de 10 mil servidores para se aposentar, são fatores que pressionam a pasta para autorizar a seleção. A expectativa é que o processo seja acelerado logo no início de 2015. A solicitação é de 4.730 vagas, sendo 2 mil para técnico do seguro social, de nível médio, com remuneração de R$4.400,87, 1.580 de analista do seguro social, de nível superior, com rendimento de R$7.147,12, e 1.150 de perito médico, também de 3º grau, para remuneração de R$10.056,80.

Entre as pressões que o governo sofre para acelerar o processo e autorizar o concurso está o fato de 10.106 servidores da autarquia estarem em condições de se aposentar (correspondente a 26% dos 38.222 servidores ativos), sendo 6.330 técnicos, 14 analistas, 342 peritos e 3.420 de cargos em processo de extinção (1.024 agentes de serviços diversos e 705 datilógrafos). Além disso, a situação das agências por todo o país é delicada, com mais de 50% dos seus servidores recebendo abono de permanência. Levando em conta os números por estados, o Rio tem 39% dos servidores podendo aposentar-se nos próximos anos. Lindolfo também deixou uma mensagem aos que sonham em ingressar no INSS. “Se eu tivesse um filho querendo ser servidor público do INSS, eu diria para ele estudar, porque o concurso virá com certeza, e outras seleções também. Então, acho que ele deve estar preparado, pois quem assim está tem suas chances de aprovação aumentadas. ”

Polícia Federal: AGU derruba liminar que suspendeu o concurso

Advocacia Geral da União (AGU) conseguiu derrubar a liminar que suspendeu o concurso da Polícia Federal (PF) para 600 vagas de agente. A seleção havia sido paralisada pelo juiz da 1ª Vara Federal de Uberlândia/MG, Bruno Vasconcelos, em atenção a pedido do Ministério Público Federal (MPF) para adequação dos testes físicos e do curso de formação às necessidades dos candidatos com deficiência, que contam com reserva de 30 vagas. O Cespe/UnB, organizador do concurso, deverá divulgar novas informações sobre a seleção no próximo dia 28.

Segundo informou a AGU, a continuidade do concurso foi garantida após o relator do recurso da União na 5ª turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) ter acolhido os argumentos apresentados, deferindo o pedido para suspender os efeitos da decisão até o pronunciamento definitivo do colegiado. O magistrado destacou que “a previsão editalícia de inaptidão decorrente de determinadas condições físicas foi estabelecida para todos os candidatos participantes do certame, independentemente da sua condição de ser ou não portador de necessidades especiais, a descaracterizar o tratamento supostamente diferenciado, alegado pelo Ministério Público Federal, na hipótese dos autos”.

No recurso protocolado junto ao TRF1, foi destacado que a suspensão do concurso pelas razões alegadas contrariava julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) no Recurso Extraordinário (RE) 676.335/MG e afrontava o princípio da isonomia. A AGU ressaltou que a decisão do STF, transitada em julgado, estabeleceu que os candidatos com deficiência, inscritos nos concursos da PF deveriam realizar o concurso em igualdade de condições com os demais. Ainda segundo o órgão, a concessão da liminar contrastava com entendimento do STF, pois limitava as atribuições da banca examinadora, ao pretender que o candidato com deficiência não fosse eliminado na perícia, mas apenas no estágio probatório.

SÚMULAS E OJ’s COM RENZETTI: Princípio da Dialeticidade

Olá, galerinha! Tudo bem com vocês?

No vídeo dessa semana do nosso projeto SÚMULAS E OJ’s COM RENZETTI, o professor Rogério Renzetti comenta a Súmula 422 do TST que trata do Princípio da Dialeticidade.

Vejam o que diz a Súmula:

Súmula nº 422 do TST
RECURSO. APELO QUE NÃO ATACA OS FUNDAMENTOS DA DECISÃO RECORRIDA. NÃO CONHECIMENTO. ART. 514, II, do CPC (conversão da Orientação Jurisprudencial nº 90 da SBDI-2) - Res. 137/2005, DJ 22, 23 e 24.08.2005
Não se conhece de recurso para o TST, pela ausência do requisito de admissibilidade inscrito no art. 514, II, do CPC, quando as razões do recorrente não impugnam os fundamentos da decisão recorrida, nos termos em que fora proposta. (ex-OJ nº 90 da SBDI-2  - inserida em 27.05.2002)

Vamos agora acompanhar os comentários do professor Renzetti e acertar a questão na prova:



Desejamos ótimos estudos a todos e até a próxima!

terça-feira, 18 de novembro de 2014

MINISSIMULADO: Direito Previdenciário | Prof. Italo Romano

Olá, galerinha!

Vamos iniciar nossa semana treinando um pouco de Direito Previdenciário? Se liga aí no minissimulado que preparamos para vocês:

1) (FCC/2014 – TRF 4ªR) Glória Mercedes era companheira do segurado Rui Barbosa, por meio de união estável comprovada, com quem teve dois filhos menores. Rui Barbosa desapareceu e teve a morte presumida, declarada por meio de decisão judicial. Glória requer o benefício da pensão por morte, a seu favor, bem como de seus dois filhos.

De acordo com a Lei nº 8.213/1991, em relação ao direito e eventuais prazos do benefício para os autores, uma vez preenchidos os requisitos legais,

a) apenas os filhos menores terão o direito ao benefício, a partir da data do óbito.

b) Glória e seus filhos terão direito ao benefício, a partir da data da decisão judicial.

c) se, entre o prazo do óbito de Rui Barbosa e o requerimento administrativo de Glória, transcorreram mais de 30 dias, o marco inicial do benefício em relação à autora deve ser fixado a partir da data do protocolo administrativo.

d) Glória e os seus filhos terão direito ao benefício a partir da data do óbito, quando requerido até trinta dias depois deste.

e) Glória não terá direito ao benefício, pois não era legalmente casada com o segurado Rui Barbosa.

2) (FCC/2014 – TRF 4ªR) Maria Cipriana já pagou mais de 120 (cento e vinte) contribuições mensais, ininterruptas, à Previdência Social. Encontra-se cadastrada no órgão próprio do Ministério do Trabalho e Emprego. Maria está desempregada de forma involuntária há dezoito meses.

Em face desta situação, Maria Cipriana

a) deverá contribuir por mais 3 meses para continuar na qualidade de segurada.

b) não ostenta mais a qualidade de segurada da Previdência Social.

c) continua na condição de segurada por mais 18 meses.

d) continua na condição de segurada por mais 36 meses.

e) deverá contribuir por mais 6 meses para continuar na qualidade de segurada.

3) (CESPE/2014 – TCDF) É presumida, por força de lei, a dependência econômica dos pais do segurado para fins de atribuição da qualidade de dependentes.

4) (CESPE/2014 – TCDF) O cidadão em gozo de benefício previdenciário mantém a qualidade de segurado, sem limite de prazo, independentemente de contribuições.

5) (CESPE/2014 – TCDF) Para o empregado doméstico, considera-se salário de contribuição a remuneração registrada na Carteira de Trabalho e Previdência Social, observadas as disposições normativas pertinentes.

6) (CESPE/2014 – TCDF) Não é considerado salário de contribuição o salário-maternidade.

7) (CESPE/2014 – TCDF) É segurado obrigatório da Previdência Social, como empregado, o membro de instituto de vida consagrada.

8) (CESPE/2014 – TCDF) A seguridade social rege-se pelo princípio constitucional da solidariedade, segundo o qual nenhum benefício poderá ser criado sem a correspondente fonte de custeio total.

PROCESSO CIVIL: Sabrina Dourado me disse ....

Olá, galerinha!

Veja o esquema bacana que a professora Sabrina Dourado preparou para você:


EVP: Estude para o TJ/SP com o Professor Leandro Bortoleto




Prepare-se para o TJ/SP com o EU VOU PASSAR!

Curso completo de Normas da Corregedoria, com o professor Leandro Bortoleto!

Acesse: www.euvoupassar.com.br e bons estudos!

EDITAL PUBLICADO: TRE-MG -- Divulgado concurso para Técnico Judiciário

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) divulgou o edital para preencher 19 vagas no cargo de Técnico Judiciário. Do total, 16 oportunidades são destinadas a área administrativa, 1 em contabilidade e 2 em edificações, além de cadastro de reserva para programação de sistemas.

Para concorrer, é preciso possuir diploma de nível médio ou técnico. A remuneração inicial é de R$ 5.007,82, composta pelo vencimento básico, gratificação de atividade judiciária e vantagem pecuniária individual. As inscrições estarão abertas, no site da Consulplan, entre os dias 24 de novembro a 16 de dezembro, no valor de R$ 60.

A seleção será composta por provas objetivas e discursivas de conhecimentos gerais e específicos, conforme a especialidade. A validade do certame é de dois anos, prorrogável por igual período.


=======================================================================



Utilize o cupom SEJOGA e obtenha 15% de desconto em qualquer curso do site do CONCURSO VIRTUAL.

EVP: STF reduz período para cobrar FGTS | Por Rogério Renzetti

Prof. Rogério Renzetti
Olá meus queridos alunos...tudo bem?

Bom pessoal...vocês lembram da nossa aula sobre o tema FGTS, em especial quando repeti diversas vezes que o prazo prescricional para reclamar o não-recolhimento das contribuições para o FGTS era TRINTENÁRIA, observado o prazo de 2 anos após a extinção do contrato de trabalho? Pois bem...precisamos conversar de novo, pois temos novidades que passam a alterar todo esse cenário.

O Supremo Tribunal Federal por oito votos a dois, decidiu que prescreve em CINCO anos e não mais em 30, o prazo para que o trabalhador possa cobrar das empresas valores não depositados do FGTS. O trabalhador pode reclamar do que não foi depositado até cinco anos antes. Caso tenha encerrado o contrato de trabalho, poderá ajuizar uma reclamação trabalhista no prazo máximo de dois anos, após o término do contrato.

A decisão do STF foi embasada em uma ação que responde o Banco do Brasil postulada por uma funcionária, mas com repercussão geral, ou seja, juízes de outros tribunais ficam obrigados a dar a mesma decisão em casos semelhantes.

O relator do processo, ministro Gilmar Mendes, destacou que a prescrição trintenária prevista no art. 23, § 5º, da lei nº 8.036/1990 e o art. 55 do Decreto nº 99.684/1990 são inconstitucionais. O relator propôs uma modulação nos efeitos desta decisão, ou seja, ela passa a valer daqui para frente. Para casos passados, o prazo vai variar de acordo com a situação concreta.

Discordaram do relator os ministros Teori Zavascki e Rosa Weber, que votaram pela validade da prescrição trintenária do FGTS.

INSS: Declarações do ministro reanimam candidatos

Anunciado há vários meses, como uma necessidade urgente do INSS, o concurso para técnico do seguro social acabou adiado por conta de vários fatores, entre os quais, o período de eleições e isso deixou muitos candidatos em dúvidas, mesmo diante das reiteradas confirmações de que o concurso seria inevitável. Considerada uma das melhores opções de nível médio na carreira pública (sobretudo pela remuneração inicial: R$4.400 mensais para nível médio), esse concurso vinha despertando o interesse de milhares de candidatos, muitos dos quais tiveram uma nova injeção de ânimo depois das recentes declarações do ministro da Previdência, Garibaldi Alves, semana passada, em entrevista exclusiva à FOLHA DIRIGIDA.

Prioridade -  O ministro Gabarildi Alves reafirmou que o concurso é uma necessidade urgente, visando a cobrir o déficit de pessoal do INSS. Assim, segundo ele, a autorização esperada pelo Ministério do Planejamento deve acontecer em breve, sobretudo, depois que já foi superado o período eleitoral que acabou contribuindo para o atraso do concurso. As declarações do ministro da Previdência serviram para reacender o ânimo de milhares de candidatos que, diante da indefinição de calendário, entraram numa zona de desânimo. “Com toda certeza foram declarações importantes, motivadoras e que dão segurança. Saber que o ministro da Previdência está lutando pela autorização e que o concurso está confirmado nos anima para continuar a preparação. Apesar da demora, estou aproveitando todo esse tempo para reforçar os estudos e, futuramente, conseguir a aprovação”, disse o técnico de enfermagem Gustavo Lima, 40 anos.